quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Séries | Revenge

Por esta altura estão todos a questionar-se: "Será que esta miúda só fica feliz com séries?" e a minha resposta é: "Basicamente".

Ou então uso demasiado esta rubrica para fazer publicidade gratuita às minhas séries preferidas. E, como do top 3 já estão as 2 primeiras, vamos à mais recente promoção: Revenge. Comecei a ver porque, num daqueles dias do início do suposto verão, estava a chover imenso e, como desocupada que sou, não tinha nada para fazer. Abri o wareztuga no sector das séries e escolhi esta porque já tinha ouvido falar. A classificação era muito boa e, por isso... lá fui eu!


O incrível elenco


Revenge é, tal como o nome indica, uma série acerca de vingança. Amanda Clarke é uma menina que vê o seu pai ser preso - e mais tarde morto - por ser acusado de um ato de terrorismo que causou a queda de um avião e a morte de centenas de pessoas. Mais velha, descobre que o pai foi incriminado por um casal que vivia na casa ao lado da em que vivia, durante a sua infância. Assim, Amanda volta à cidade, irreconhecível, com o nome de Emily Thorne, para se vingar de todos aqueles que tiveram um papel na condenação do seu pai.




Uma das coisas de que mais gosto em Revenge é se tratar de uma série que não se resume a 2 ou 3 personagens. Há uma grande quantidade de personagens muito fortes e cujas histórias são igualmente interessantes à principal (claro que, mais cedo ou mais tarde, tudo acaba por se relacionar de alguma maneira com o que é essencial: a vingança).


Nolan Ross, dos poucos amigos dela e o ajudante na vingança.
Sem dúvida uma das melhores personagens a todos os níveis, de todas as séries que acompanho.


Esta série tem, tal como as outras duas de que falei, algo que aprecio imenso: os produtores não têm medo de matar ninguém, quer o público adore a personagem, quer odeie. No entanto, não matam sem um motivo. Não há mortes patéticas, há mortes que tornam a série real. Tudo é estudado ao pormenor e bate certo: não há falhas! 


As minhas personagens preferidas


Revenge distingue-se por mais. Em séries como TVD e em muitas outras, todos temos o nosso rapaz preferido no triângulo amoroso, ou seja, todos torcemos para que um, e só um deles consiga ficar com a rapariga principal. Aqui, isso é quase impossível. Em Revenge, os personagens não são perfeitos. Aliás, acontece-me frequentemente odiar umas personagens num episódio e simpatizar com elas no outro (e vice versa). Como tal, e apesar de ter determinada inclinação para um, não consigo pôr-me no lugar da Emily e escolher um deles! Gosto dos dois (e já gostei de outro anteriormente) por motivos diferentes e ambos têm características que não aprecio. E isto acontece com quase toda a gente que vê a série (eu sei porque leio vários comentários). Na minha opinião, Revenge tem a definição daquilo que é um excelente triângulo amoroso.


Emily e Daniel Grayson

Emily e Jack Porter

Emily e Aiden Mathis


E, como em qualquer excelente série, é impensável perder um episódio, porque se perde totalmente o fio à meada. Em 40 minutos acontecem imensas coisas fulcrais para o desenrolar da história e em todos se fica colado ao ecrã do início ao fim!

Por estas e muitas mais razões que poderia mencionar, devorei as 3 temporadas em 2 semanas. Cheguei a não ir para a praia porque estava demasiado ansiosa para saber o que acontecia a seguir. Agora que acabei - e ainda um pouco abalada/chocada/de luto/wow por causa do fim da 3ª temporada (Revenge tem os melhores fins de temporada de todas as séries que sigo) - mal posso esperar por 28 de Setembro. E vocês, o que acham desta série? Já viram ou têm curiosidade?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seguidores

Google+ Followers

About me